Tag Archives: Têca

A moda é da cor que a gente pinta

9 jun

Aposto que vocês já sentiram que as roupas estão ficando cada vez mais saturadas, né?! Nas últimas temporadas de desfiles, tanto internacionais como nacionais, as cores fortes brilharam nas passarelas, e vieram todas juntas! É a tendência do Color Block . Literalmente, as cores são usadas em blocos no look.

São tonalidades fortes, usadas assim, tudo-junto-e-misturado. E são várias as combinações! Vale tudo, gente: vermelho com roxo, azul com verde, amarelo com azul, rosa + laranja + azul, e por aí vai…

Dá uma olhada só…

Essa combinação é bem quente e luminosa! Ótima para um dia de sol. Bem fresh

 

O verde traz uma sobriedade ao laranja, que pode ser mais para o ocre ou mais aceso mesmo. Essa combinação pode ser usada à noite também. Olha como fica bonito com roxo também. Camilla Belle está usando um look inteiro do desfile de Verão 2011 da Gucci.

 

Mais um look da Gucci e da Jil Sander também. Roxo com verde já fica uma combinação um pouco mais fria, mas igualmente interessante.

 

Mas com o laranja, olha como o roxo ressalta!

 

O azul é uma cor fria e fica ótimo com cores quentes! Na moda do color block, o azul royal é praticamente uma cor básica! rsrsrs

 

O Fashion Rio, que acabou na semana passada, desfilou as peças de verão 2012 com uma explosão de cores, como mando o figurino desta nova tendência.

 

Para quem não tem coragem de se jogar nas cores, pode escolher uma peça de roupa e um acessório de cores vibrantes e deixar o restante bem neutro. É assim que se começa… :)

Anúncios

Informe Fashion Rio – Desfiles

23 jan

Mais um informe do que rolou no Fashion Rio!

É nítido que a Têca se inspirou na cultura japonesa para fazer sua coleção. Essa estética, embora recorrente, sempre me agradou pela elegância das formas.  As cores pastéis para o inverno carioca formam uma palheta de cores muito bem-vinda.

Já a Printing investiu nas cores fortes para o inverno 2011, assim como muitas outras marcas aliás. Afinal,  o Rio É colorido!

Colorido e festeiro! Abordando o tema da criatividade humana e sua relação com a arte, a minha sensação ao ver o desfile do Cantão foi justamente de festa!

Estou simplesmente apaixonada pelo tecido (será que é malha?) bordado e estampado!

Lindo, né?! E o caimento? Um petáculo! O primeiro vestido lá de cima vai bem com rasteirinha, bota, meia-calça, sapatilha, chinelo…

Mas as tradicionais cores do inverno também bateram ponto nos desfiles dessa temporada, como na Aüslander, que investiu no vinho, preto e cinza. As pernas ou braços de fora  também são garantidos no inverno carioca!!!

Até o desfile praticamente all black esteve presente! Fazer uma coleção toda baseada no preto com pequenas variações de cinza corre um risco enorme de ficar monótono. Mas, contrariando essa tendência que está trazendo as cores de verão para o inverno, a Patachou se manteve firme no preto nem um pouco básico! Lindo, lindo, lindo o desfile de texturas, sobreposições e formas variadas que a marca trouxe para a próxima estação. Feminino, imponente e elegante.

O que você achou?!

Fotos: FFW

Aperte o cinto!

15 jul

No ano passado foi criada uma maneira de colocar a “língua” que sobrava do cinto depois de afivelado, fazendo um meio nó. Praticamente em todas as vitrines desse ano, os cintos eram finalizados desta maneira.

Nesse última edição do Fashion Rio, com as coleções de Verão 2011, o meio nó evoluiu para o nó inteiro mesmo. Ou seja, pega o cinto e ao invés de afivelar… dá um nó!É claro que isso funciona melhor com cintos mais finos e mais molenguinhas.

Nos desfiles, foram usados além do couro, outros materiais como o tecido, a corda e a camurça, por exemplo.  Foram diversas as maneiras de amarrar os cintos: o meio nó da Espaço Fashion; o meio laço da Têca e Cavendish; além do nó inteiro da Ausländer, Printing e Redley.

 

Pelas imagens de street style, podemos perceber que essa moda de amarrar o cinto já pegou em outros países. Repare que alguns cintos são apenas tiras de couro, sem fivela… mole de fazer por isso mesmo mais baratos. O cinto marrom e o caramelo ainda imperam!

 

Acho um barato criar mil maneiras de colocar o cinto, como já dito aqui em “Cinto ou Pulseira?” ,  enrolando no pulso, na cintura, no quadril, ou dando nó, laço, meio laço – daqui a pouco vão ser os nós de marinheiro, aí minha querida, pode esquecer aquela sobremesa porque para afrouxar o cinto vai ser uma lenha!!!

Sou fã de quem brinca com as peças de roupa ou adereços e a verdade é que são essas pessoas que acabam criando tendências.

Então, deixe a auto-crítica de lado (até porque, estará só você no quarto…) e crie novas formas de usar suas roupas. Brinque mais na hora de se vestir… quem sabe, você lançará a próxima tendência!

E você? Brinca com seu guarda-roupa?