Tag Archives: olho gatinho

Estilo Musical: Amy Winehouse

25 jul

Talvez tenha me faltado originalidade de um tema para esse Estilo Musical. São tantos os jornais, revistas e programas que abordarão a morte de Amy Winehouse pelos próximos dias, que me sinto até um pouco intimidada – e constrangida – de abordar esse assunto. Mas a verdade é que sou fã confessa desta cantora de voz poderosa, e de certa forma não me conformo com o rumo que sua vida tomou. Os ídolos não deveriam ter propriedade sob a própria vida, certo?! Que audácia nos dar um bem tão precioso e se achar no direito de tomá-lo, assim pela sua vontade.

 

 

Resolvi fazer o Estilo Musical de hoje com Amy Winehouse, mesmo sob o risco de parecer oportunismo, simplesmente porque sou fã e porque, dentre tantos flagrantes em imagens degradantes, gostaria de poder ao menos tentar resgatar um resquício da admiração que um dia cheguei a ter por ela. Assim, prestarei de certa forma uma homenagem, mostrando aqui o que ela tinha de melhor: o estilo e a voz.

 

Amy chegou cheia de personalidade, tanto vocal quanto visual e isso, inevitavelmente, influenciou o mundo fashion. Assim como Dita Von Teese, Amy – em sua fase áurea – resgatou o glamour dos anos 60. Mas como tudo em sua vida, a cantora carregou nas tintas do exagero, mais obviamente no cabelo e no delineador! O ninho de Pterodáctilo no topo da cabeça foi hit das festas à fantasia, e o delineador teve seu status resgatado  em muitos desfiles, inclusive. E vamos combinar que depois do exagerado “gatinho” de Amy, ficou muito mais fácil se jogar sem medo nos traços dos delineadores!

No dia a dia parecia inacreditável que alguém fosse conseguir sair sempre com um ninho gigantesco na cabeça – e o grosso delineador! – mas Amy se manteve tão fiel ao acessório que ele virou praticamente “básico”.

 

Até para ir ao supermercado ela lançava mão de seu cucuruco! Os cintos, grossos ou finos, também não podiam faltar em suas produções: acinturando saias e vestidos ou no cós de calças baixas, escuras e ‘sequinhas’. Depois de colocar silicone, a cantora foi se tornando cada vez mais sexy, mas sem perder o estilo vintage. Na verdade ela misturava os elementos antigos com uma atualidade incrível! Do ballet na infância, trouxe de referência as sapatilhas, que costumava usar tanto para o dia quanto para a noite.

No palco e no “tapete vermelho”, Amy Winehouse geralmente usava os vestidos acinturados, flores no cabelo e saltos altos – para shows grandiosos, para os mais intimistas a cantora se mostrava bem à vontade com short e camiseta branca.

Fred Perry teve a diva soul como inspiração e modelo de sua coleção de inverno 2011. As fotos da campanha ficaram ótimas e as peças são a cara de Amy!

 

 

Como todos conhecem a potência de sua voz, escolhi este vídeo da música “Love is a losing game” (O amor é um jogo de azar).

Eu diria que a vida é jogo de azar. Um dia a gente ganha e no outro a gente perde. Perdemos Amy Winehouse, mas ganhamos o registro de sua voz. Podemos dizer que é um consolo?!

 

Anúncios

Make inverno 2011

12 maio

As tendências de maquiagem para este inverno 2011 são bem democráticas e deu um pouco de tudo. Afinal o inverno permite um mergulho maior no visual maquiado. O verão geralmente puxa para blush, rímel e gloss. Geralmente é um visual mais refrescante, embora as sombras coloridas tenham vindo com bastante força nesta última estação.

Já o inverno permite sombras mais escuras, blush (para dar uma corzinha na pele, já que não pegamos muito sol) e batons em cores fortes para dar uma ‘aquecida’ no rosto.

O olho esfumado não é mais tendência, é hour concurs! Então vamos as tendências mais expressivas da próxima estação.

Usada no côncavo, dá uma iluminada além de trazer um certo glamour para a produção. A sombra prata tem destaque nessa estação e fica ótima usada com muitas camadas de máscara para cílios. Para quem não quer se jogar na sombra, faça apenas um traço delineando rente aos cílios para ter um resultado mais discreto, porém tão luminoso quanto.

Ocasião: Prefira para eventos noturnos.

O delineador vem com tudo no inverno. Ele já ensaiava um retorno (sucesso dos anos 60) na época em que Amy Winehouse deu destaque ao olho super-gatinha. E agora essa tendência se firma e vem com o traço desde grosso até um puxadinho só no canto externo. Dá para brincar com o delineador, mas um traçado que não tem erro é o da stripper e atriz performática Dita Von Teese (parecido com o da modelo da Diana Von Furstenberg).

Ocasião: pode ser usado de dia ou de noite. Para o dia, prefira o traço mais fino ou apenas no canto externo. Para a noite pode ousar mais e engrossar o traço.

O batom vinho sempre foi uma aposta elegante para o inverno e neste ano não será diferente. Sofisticação é o seu nome!

Dica: para quem não quer ficar com a boca muito escura, um truque é colocar a cor mais forte ao redor dos lábios e esfumaçar dando leves batidinhas para dentro (no centro dos lábios), formando uma espécie de degradê. Fica bem bonito! (Ausländer, por exemplo)

Ocasião: prefira usá-lo para eventos noturnos, já que é muito marcante.

No inverno a gente fica com a boca… roxa! (ai que piada infame…) Mas neste inverno a maquiagem roxa veio que veio.


A sombra roxa fica linda esfumaçada com a preta. Vou dizer uma coisa: gosto muito da idéia de sair das escolhas óbvias de cores como o marrom, preto, prata, cobre, dourado, etc.

Essa sombra roxa só tem que retocar no meio da noite para não borrar e parecer que você tomou um socolho, né?!

Ocasião: Para a noite, sem dúvida.

Sobrancelhas a -lá Malu Mader. Vários desfiles reforçaram o desenho da sobrancelha. Acho difícil essa moda pegar.  De qualquer forma, acho que pode funcionar apenas para as mais novinhas, afinal tudo que queremos com o passar da idade é leveza no olhar. E essa sobrancelha peeeesa.

Um reforço discreto para dar definição é sempre válido para todas as idades. Para isso é importante uma cor próxima a dos pelos.

Ocasião: já que é um visual pesado, guarde-o para a leveza do dia.

Se no verão só deu batom laranja, no inverno o vermelho fechado chega trazendo sofisticação. O que é essa boca da MiuMiu???  Um vermelho-veludo incrível!

Ocasião: Dia ou noite. Para o dia, combine roupas bem neutras, sem decotes e com um rabo de cavalo, por exemplo. E dependendo do trabalho, deixe o batom arrasador para a noite, ok?!

E por fim, a tendência mais tendência das passarelas internacionais: a sombra caramelo. As tendências de inverno também são conhecidas por investir em tons terrosos, meio outonal. Mas desta vez surgiu uma cor um pouco mais inusitada que é um caramelo fosco. O resultado é sutil e geralmente usado sem rímel mesmo – um novo conceito de cara lavada, quem sabe?! O efeito é como se fosse um nude da maquiagem.

Dica: para quem achar que ficou pálida demais, pode misturar com sombra marrom e um belo batom vinho como no desfile da Gucci – espetacular, diga-se de passagem.

Ocasião: já que essa sombra deixa o visual apagado, use em dias com um solzinho gostoso de inverno. (O da Gucci pode arrasar à noite)

É hora de acrescentar mais um bocado de produtos à necessaire básica de todos os dias. Ouse um pouco mais e você vai se surpreender com o efeito que vai dar na sua auto-confiança!

Qual dessas dicas fez mais sua cabeça?

Fotos: Style.com e Fotosite

Montagem: Finas Estampas


Maquiagem passo-a-passo

13 jul

Nesse fim-de-semana, mais precisamente dia 10 de julho, fiz aniversário e comemorei com um fondue aqui em casa (crente que estaria um friozinho! Mas só pra contrariar – alguém conhece as leis de Murphy? – não fez frio). Tudo bem, pois o que importa é que resolvi clicar (com minha máquina nova!) a maquiagem que fiz e mostrar o passo-a-passo. Aliás esse passo-a-passo de maquiagem, a partir de agora, será habitué aqui no blog! :)

Como era um evento aqui em casa mesmo, preferi colocar uma maquiagem mais leve. Mas nem por isso passou despercebida!!!

1 – Sombra aubergine Duda Molinos

2 – Pincel chanfrado Contém 1g

3 – Rimel Super Shock da Avon

Como tenho andado de bem com o sono, não usei corretivo, apenas uma camada leve de base em volta do olho. Passei dando leves batidinhas com a ponta do dedo.

 Depois, com o pincel chanfrado delineei um traço rente ao cílio superior, puxando uma pontinha para ficar estilo “gatinho”. Repare que esse traço foi muito rente ao cílio, do canto interno ao centro e começou a ficar aparente do meio para o canto exterior. Não estiquei a pele para fazer esse traço, porque quando solta pode ficar deformado.

Pessoalmente, não gosto muito de delineadores, então costumo delinear com sombra mesmo. Mas  se quiser que fique mais marcado é só molhar o pincel,  passar na sombra e aplicar.

Em seguida passei bastante rímel! Adoro esse da Avon, porque deixa o cílio bem separadinho. Fica melhor ainda quando está mais velhinho! Adoro! O cílio fica bem separado e longo. Não gosto de rímel que deixa o cílio grudado, porque fica parecendo que você tem só 5 pelos no cílio, tipo Cebolinha!!!

4 – Lápis de olho bege Duda Molinos

5 – Pincel de artesanato (!) Condor nº 423

6 – Sombra iluminadora branca Contém 1g ( a minha é muito antiga!)

Passei o lápis bege -esse do Duda Molinos tem uma textura e fixação ótimas!- na linha d’água inferior, de uma canto a outro. Esse recurso é usado para abrir o olhar. O resultado final fica muito bom, dá – como diria?- um brilho no olhar! Por falar em brilho no olhar, um ponto luz é sempre bem vindo. Por isso,coloquei a sombra branca brilhante, no canto interno no olho.

Ok, vou explicar o que esse pincel de artesanato está fazendo na minha necessaire: ando procurando um pincel para esfumar que seja mais durinho que esses que tenho encontrado próprios para maquiagem e eis que andando no Saara, aqui no Rio, encontrei esse pincel. Ele está na fase de testes, mas para esse caso, que eu precisava só de um pontinho no canto do olho, seu formato me veio a calhar! Perfeito!

7 – Batom Satin Snob da M.A.C

Terminada a make do olho, fui para a boca. Coloquei o batom Satin Snob da M.A.C, que é bem clarinho. Viram como já me acostumei!!!Para quem se sentiu um ET na primeira vez que experimentou esse batom…  Ele já faz parte do meu ser!

8 – Base Diorskin Forever nº 22 da Dior

9 – Pincel de blush da Avon

10 – Blush matte cor Mocha da M.A.C (não tem essa cor no site da M.A.C, mas tem nas lojas)

Às vezes, prefiro colocar a base por último, porque se tiver borrado alguma coisa como a sombra, por exemplo, posso passar o demaquilante num cotonete para tirar o borrado sem ter que reaplicar a base. Assim, além de aumentar a duração do produto, não corre o risco de ficar com muita base no rosto.

Essa base da Dior é fan-tás-ti-ca. Não passo nem pó, porque ela tem uma cobertura matificada (opaca), não é oleosa, entende?! E unifica bem o tom da pele, escondendo as manchinhas de forma bem natural. Mas com base todo cuidado é pouco, pois ela não pode deixar rastros de que existe! Tem que parecer que você tem a pele perfeita assim… de natureza!  Use num tom que combine com a sua pele (na hora de comprar teste no rosto mesmo!).

E por fim, meu amado e querido blush! Quem é branquela como eu, sabe como se pode ficar com cara de doente, apagada, “morrida”, insossa, um nada sem o blush. Item essencial na minha necessaire, para dar aquela coradinha básica de quem tem saúde pra dar e vender (e comprar!).

O blush tem que dar uma LEVE corada! Pra passar muito forte só indo para a festa junina!

Viu, como não precisa usar maquiagem sempre carregada?! Aliás segundo os maquiadores, quanto mais sutil ela for – como se não estivesse usando  quase nada – mais jovem parecerá!

E sinto, sinceramente, que com os anos passando… a maquiagem vai se tornando tão necessária quanto escovar os dentes!

 

 

Outros posts relacionados:

Boca Carmim

Satin Snob – Esnobe mesmo!