Tag Archives: calça

Vermelhou – calça

9 maio

Se vermelhou no curral (alô Fafá!) eu não sei, mas na moda com certeza! Calças, saias, vestidos, bolsas, sapatos, cintos, lenços – e tudo mais que se possa imaginar – estão pulsando nesta cor mais que vibrante. Não há como não se render aos encantos do vermelho em um look. Afinal ele dá uma apimentada no visual e transforma o simples em autêntico.

Sou uma fã incondicional desta cor e por isso renderei uma homenagem, mostrando aos poucos (outros posts virão) como usar peças tão marcantes.

Hoje começaremos pela calça vermelha, a atual queridinha da moda.

A calça skinny ainda é a mais utilizada, mas as mais ousadas podem investir em modelos ‘cenoura’ (como esse da foto esquerda, abaixo) ou pantalona também. Mas o bom da calça ajustada é que abre mais possibilidades de composições, pois ficam bem com botas, scarpins, peep toes, sapatilhas, ankle boot, sandálias pesadas, sapato oxford, etc…

Como a calça já chama muita atenção, procure colocar as outras peças mais neutras. O clássico vermelho, preto, cina e branco não darão margem à erros!

A calça vermelha tem um clima bem moderno e somá-la ao blazer preto resulta em uma mistura deliciosa. Adoro!

As listras tiram o visual da monotonia – isso se cair na monotonia com uma calça vermelha for possível, né?! hahaha

Outra aliada é a estampa de onçinha que fica uma graça somada ao look carmim. Como o vermelho e a onça são ícones do estilo sexy, ponha peças mais fechadas como uma camisa de malha ou clássicas como uma camisa social.

PS: Adorei a sapatilha de oncinha combinada com blusa de malha e jaqueta de couro. Usaria fácil amanhã.

O bom da calça vermelha estar na moda é que você poderá encontrar em várias lojas. Mas, se por algum acaso não encontrar, você pode comprar uma calça branca e tingir! ;)

Que tal deixar seu inverno mais colorido?! Você se arriscaria? Comente!

ADENDO:

A minha loja querida Dress To vermelhou geral. Olha a calça vermelha aqui no blog dela, dentre otras cositas

1 peça, 2 looks by Olívia Palermo

13 dez

Olívia Palermo é assunto obrigatório na blogosfera, e já virou até lugar comum. Mas justamente por ela – e sua roupa!- não poder ser classificada como comum, é que não há como fugir.

Portanto, falar das composições de Olívia Palermo pode ser lugar comum, mas é extremamente delicioso visitá-lo. E por isso mesmo ela é a queridinha dos fotógrafos – e cá entre nós, deve ter um fotografo paticular para clicar todos os looks diários, porque tem é foto da moça! E eu quase não gosto disso, né?! hahaha

Mas quem é a dita cuja? Ela é de NY, filha de um milionário dos imóveis e Relações Públicas da Elle americana.

O que interessa mesmo é que ela ocupa o posto de super- It Girl! Ou seja, a garota do momento na esfera do mirar-se no exemplo de vestir. Por isso estou preparendo um “Mire-se” daqueeeeles para os próximos posts.

 

Enquanto isso, neste post que vos fala, aprenderemos com Olívia a arte de fazer looks diferentes com a mesma peça.

Quando se trata de sapato e bolsa é mais fácil, mas e aquele blazer que você só usa com a calça social, ou aquela bolsa tipo carteira que você só usa para ir a uma festa?  Como diriam, é aí que a porca torce o rabo!

Ela passeia pela moda com facilidade, só aqui vemos as tendências militar, sapato oxford metalizado, as listras navy…

Voltando, vamos pegar como exemplo do que estávamos falando sobre 2×1 esses looks do casaco com brilho: deu um up no jeans com sapato amarelo (adoro!) e equilibrou visualmente o volume da barra do vestido.

Olha como os acessórios podem mudar um look de dia para um de noite, no caso da blusa estampada. Usada solta com sapatilha e bolsão para o dia e para dentro do short com um salto e uma carteira – presta atenção no truque da carteira ser de uma das cores da estampa, no caso a cor mais alegre que é a amarela.

Essa bolsa Mulberry virou item de desejo das fashionistas justamente porque não sai dos braços de Olívia Palermo. Aliás falei que não sai do braço de propósito porque ela não usa bolsa a tira-colo, perceberam?! Para quem quer ser “chique como Olívia Palermo” anote mais essa regra: a bolsa repousa no braço ou na mão,  jamais no ombro.

Para isso as bolsas precisam ter alça curta, hein, senão vai lá joelho!

*Notou que a calça verde é mesma que ela usou com boot lá em cima?! Mais um look pra calça.

O colete preto é um coringão do guarda-roupa da bela. E deveria ser de todas!

Eu já sou adepta principalmente porque dá aquela enxugada! O que não é o caso dela, obviamente… O colete, por ser uma peça roubada do vestuário masculino, quebra  o romantismo de algumas roupas.

Vamos agora para os acessórios.

 

Eu amo esse primeiro look de sobreposições! E essa cor meio deserto da bolsa combina dignamente com uma boa parte do meu armário!

Uma super- it girl que se preze, investe em sapatos e bolsas incríveis para “causar” em qualquer look!

Anotaram mais essa? ;)

 

 

Fotos: Reprodução

Inspiração para o Look do dia!

24 set

EU AMO O LOOK DO DIA. Esse site é das consultoras de imagem Chris Francini e Paula Martins, em que tiram fotos de seus looks diários e ainda tem o blog que comenta os looks e sobre moda.

De muitíssimo bom gosto, elas são um exemplo de como se vestir de forma elegante e moderna, sem fashionismos exagerados. Pincelam tendências com peças de modelagens diferenciadas, peças clássicas de grandes marcas e na maioria, de tons sóbrios. Isso permite que tenham um mix enorme de possibilidades de looks, utilizando o recurso de sobreposições.

Aliás, fazem sobreposições como ninguém! Impressionante a capacidade delas de mesclar várias peças com harmonia de proporções, usando principalmente cores da mesma gama, como as tonalidades de cinza e o preto, por exemplo.

A calça de boca larga é uma das preferidas, e já são tendência forte, segundo os desfiles de verão 2011.

O comprimento delas deve ir quase até o chão, cobrindo o sapato, o que dá uma alongada preciosa! Essa calça é boa também para quem tem coxas grossas, pois ajudam a equilibrar o visual.

Os casacos estão sempre presentes para compor as sobreposições. Então vai desde o mais fininho que é o cardigan até o mais pesado trench coat (tem até casaco de pele!).

Olha que idéia bacana colocar o casaco de tricot com o ziper fechado nas costas (lá no alto à direita), ficando meio que um bolerinho. Também perei com essa calça cinza com caimento perfeito (Raia de Goye – amei todas as calças da marca).

 Lindo o blazer de ombro marcado da primeira foto, e achei genial o maxi cardigan de lurex por baixo para dar uma iluminada no total black!

Proporcionalmente os vestidos e as saias saem perdendo para as calças no quesito “uso diário”!

Os vestidos têm um shape mais larguinho, por vezes arrematados com cintos ou faixas. Saias são usadas com malha, e colares longos para dar uma graça a lisura da blusinha.

E o famoso clog, que está vindo com tudo. Muitas pessoas não os guarda no coração, mas Paula e Chris mostram que sabendo escolher o modelo e como usá-lo, pode-se tirar um suco dessa fruta! A Paula (loira) só tem look de calça longa com o clog, preferindo o tamanco (clog com a ponta aberta ou sandália de sola de madeira, que ela usa com meia).

O colete preto “fofinho” é outra carta na manga! Mas muito cuidado para quem tem os quilinhos a mais… já viu, né?!

Adorei as montações com o colete preto! Ele dá uma bossa diferente do colete de alfaiataria, né?!

Como falei lá em cima, as tendências dão uma pincelada do visual das meninas antenadas!

*Esqueci de dizer que elas descrevem as marcas de todas as peças.

Outra tendência que está bem presente é a navy (marinheiro), com direito às já tão conhecidas listrinhas em marinho, combinadas com blazer ou com uma modelagem mais moderna. Lindos!

E a minha tão amada legging ganhou muitas versões na inspiração de Paula!!!

E elas ainda dão close nos detalhes!

Esse post na verdade é um grandissíssimo “Mire-se no exemplo” de criatividade e bom gosto!

Invista em peças diferenciadas, em cores neutras, que você vai ter um gurda-roupa tão flexível e interessante como esse! E até pegar o jeito… cola esse post  na parede! hahaha

Tá sentindo que vão inspirar suas manhãs?