Arquivo | Casamento RSS feed for this section

Meu porta-relíquias

16 ago

Conforme prometido – antes tarde que nunca, né?! – mostrarei minhas primeiras aquisições das relíquias que adornarão meu buquê de broches!

Lembram que tinha dito que iria na feira da Praça XV? Pois é… Eu fui. E encontrei vários “broches” (tem anel, broche, abotoadura e por aí vai) lheeendos! Alguns super baratinhos (tipo 5 reais) e outros mais carinhos (tipo 15 reais), que eram comprados apenas se me arrebatassem em uma paixão fulminante! Mas é com pesar que digo que deixei uma abotoadura de reloginho para trás porque custava 20 reais… E sonho com ela até hoje! Mas é que com a quantidade que vou precisar (acredito que uns 80), não dá para ficar dando 20 reais em cada peça, né?!

Pra vocês terem uma ideia, só nesse dia – completei a peregrinação indo ainda na feira do Lavradio – adquiri 30!!! Com a ajuda da minha mãezinha querida, que aliás tem embarcado legal nessa minha viagem!  Essa semana ela me deu mais uns 5!  \o

E o lindo porta-jóias, que ganhei de aniversário de minha amiga Carlinha, ficou cheinho! :)

Lembrando que as portas dele continuam abertas para que quiser contribuir – magnanimamente! – com broches e afins. Por que realmente é uma delícia quando tem peças de amigos e familiares tão queridos… e isso vai transformá-lo na minha mais rica jóia: meu buquê! ;)

A riqueza do buquê de broches

3 ago

Ao procurar um fotógrafo para o meu casamento, depois de muitos sites visitados,  encontrei o da Junia Lane, e descobri que dentre tantas escolhas que temos que fazer para o casamento, existem coisas que nos escolhem. Pois ali me senti totalmente escolhida pelas suas imagens. É verdade, suas fotos me laçaram pelo pescoço e não consegui mais pensar em nenhum outro fotógrafo para eternizar os momentos da nossa festa à fantasia. E no dia em que entrei no blog dela, me deparei com as fotos que eram, coincidentemente, de um casamento (lindo!) na Confeitaria Colombo, e ainda por cima com esta foto que me arrebatou o ar.

Pausa para o Ownnn… rs 

Não consegui pensar em um buquê tão rico, não apenas pelo valor das peças, mas pela riqueza de encantamento. Sério, não há quem eu mostre e que não se encante perdidamente (né, Má?! rs). Dá uma baita vontade de casar só para poder usar o buquê! hahaha  Mas pensei lá com os meus botões que conseguir arranjar um buquê desses deveria ser mais difícil que arranjar um noivo lindo, cheiroso, inteligente e compreensivo…

Mas meu faro de blogueira rastreou as pistas que nos levarão ao tão sonhado punhado de broches!

Descobri que a criadora deste buquê foi a Amanda Heer, e em seu site tem para vender. Custam a partir de 350 dólares, sem taxas – já que Amanda mora na California. Se quiser pode mandar um email solicitando informações sobre essas belezuras. E se você não quer se esticar até o outro hemisfério, aqui no Brasil encontrei  a Ana Stein do blog Coisas de Sanica, que faz o buquê! Não vi o preço, mas você pode entrar em contato aqui.

Maaaas se você é tipo eu e curte o “faça você mesma”, descobri alguns tutoriais de como fazer o seu arranjo, que na verdade não precisa ser apenas de broches, serve bijus do Saara (ou rua 25 de março em SP) também. Basta ter um gosto Fino, né?! No My Little Vintage Wedding e no Casamento à Vista elas contam como fizeram seus ricos buquês.

Não preciso nem dizer que depois de ver – com a ajuda de nossas companheiras de blog – que é relativamente fácil, e também como já gosto de botar um dedinho em algumas coisinhas do casamento, está decidido, vou fazer o meu buquê de broches! Tô realmente acreditando que vou ter tempo para isso! Mas como a fé não costuma faiá… hahaha

 

 

Quero manter o estilo antiguinho mesmo – já que estarei vestida de Marilyn – então, neste sábado mesmo vou na feirinha de antiguidades da Praça XV para ver se encontro broches, anéis ou qualquer outro acessório que dê para montar meu tesouro. Aos meus amigos e família declaro que as portas da minha caixinha de ‘jóias’ estão abertas para doações!

Sei que minhas amigas solteiras vão ficar desapontadas, mas esse buquê não será jogado…. Aaaaaaaahhh

E depois do big day ainda repousará majestoso na decoração da minha estante! ;)

Saia longa para noite de gala

16 maio

Todo casamento é a mesma questão: que vestido vou usar? Hoje já temos a possibilidade de escolher entre longo ou curto – já foi permitido subir a bainha do vestido para noites de gala. Mas existe mais uma possibilidade que não é muito explorada, mas que sou fã de outros casamentos: a saia longa.

Estava entediada dos vestidos de casamento e resolvi mandar fazer uma saia longa preta. Cismei que tinha que usá-la com uma regata branca –  encontrei justamente o que imaginava na Zara – canelada de viscose, costurada com linha prateada. E ainda usei com um sutiã preto. Vou dizer que fez o maior sucesso e um monte de gente falou que adorou a minha escolha. E eu fiquei muito feliz de ter seguido meu instinto. :)

O melhor de tudo é que, mudando a blusa e os acessórios, você pode mudar todo o look para um outro evento, sem temer ficar ‘batido’, como um vestido. ;)

Até as grifes que desfilam nos tapates vermelhos se renderam ao charme da saia longa. E nos mostram como usar de forma a ficar tão elegante quanto com um vestido. Com uma modelagem mais ampla ou mais seca, o importante é que a saia tenha um tecido nobre como tafetá, shantung, seda, cetim, etc.

As cores podem ser claras (lembre que o branco não pode ser usado um casamentos, mas para outros eventos está liberado). Mas se for usar cores fortes como essa saia roxa linda, escolha uma blusa neutra como a da foto. E note que o detalhe de personalidade foi a escolha da bolsinha verde. Adorei!

Mas a saia preta é uma seta certeira no alvo! Invista em uma sem medo de ser feliz.

Você pode investir em blusas com texturas e brilhos como fez Diane Kruger, de Jason Wu (aquele lá de cima), que arrasou no tapete vermelho do MET deste ano. Angelina Jolie, também deslumbrante, escolheu um top de cristais swarovski. Muito Fina! Por outro lado, você pode optar por uma blusa básica (as famosas podrinhas) para deixar um visual mais hi-lo como a Mary-Kate Olsen. Neste caso ficaria ótimo também um maxi colar!

Uma outra opção é a camisa social branca, que deixa o look bem contemporâneo. Gosto muito de burlar as convenções e quebrar um pouco a rotina! O uso da camisa branca – geralmente usada para trabalhar – em eventos de gala, dá um charme transgressor que me atrai bastante! Com um batom vermelho então… Ave Sharon Stone!

Se animou??? 

Casando com o penteado

21 out

Certo dia minha prima Brunella disse que marcou o casamento para julho do ano que vem e me pediu ajuda para escolher o visual do dia em que será a estrela principal dessa história de amor -que está apenas começando! Desde então ando às voltas com esse tema.

Tema, aliás, riquíssimo de informações na internet! “O fantástico mundo dos casamentos”! Milhares de penteados, de buquês, vestidos de noiva, decorações, flores, flores e mais flores!

Quem marca o casamento sabe que esse vai ser o assunto de 1 ano até chegar o dia do casório. Principalmente para as mulheres, que fazem questão de escolher tudo, não é?! Tirando a ansiedade, elas se divertem nessa função, podem adimitir!

Por isso e para a minha querida prima Babu, dedico uma série de posts (até o casamento dela, pra que possa ler tudo a tempo! hahaha) sobre noivas, madrinhas, noivos, dresscode para casamentos, dicas de cerimoniais, etc.

A começar pelos muuuuuitos penteados. Eu, com a minha indecisão latente e pululante teria grande dificuldade para escolher o penteado! Olha que meu cabelo é curto! Mas quem disse que não dá pra fazer penteado em cabelo curto???

O cabelo curto fica muito charmoso com enfeites trabalhados, tiaras, flores e qualquer adorno na cabeça. Se tiver um corte estiloso não precisa nem adornar, um brinco ou colar bem bonito, ou um vestido com bordado próximo ao rosto já podem ser suficientes. E pras que tem o cabelo no ombro, pode fazer esse coquinho baixo e afofadinho. Fofo!

Por falar em coque, ele é o top dos penteados para casamento.

Deixar o colo livre, além de alongar, faz com que o vestido apareça mais. E o vestido é a coisa mais importante do casamento, ora bolas! Nem o noivo é tão importante! hahaha

Além disso, o coque abre espaço para lindas jóias, afinal “dimonds are a gril’s best friend”! Diamantes, swarovskis, cristais de vidro e as pérolas da vovó são da mesma tchurma de amigos, tá?! Sem discriminações!

vale a pena destacar que se colocar enfeites com brilho no cabelo, o ideal é pegar leve nos brincos e colares, ou seja, brincos pequenos e se quiser colocar colar, que seja um fininho com um pingentinho.

Hoje, o adereço mais visto nos penteados das noivas são as flores. Estão na moda e por isso existem muitas opções, de tecidos variados, com pluminhas, flores falsas e até verdadeiras, sejam pequenas ou grandes, elas conferem romantismo – nada mais coerente com a situação – e delicadeza.

Outra peça delicada é a tiara. Amo.

Coisa mais linda que são as tiaras! Elas estão vindo com tudo, principalmente a variação com flor. Romântica também, porém com um toque de modernidade. Pra quem gosta de arriscar mais, a tiara colorida pode fazer toda a diferença! Com uma belezura dessa envolvendo a cabeça, quem precisa envolver o pescoço? Portanto, colares são dispensáveis.

* Essa última fotinho eu tirei do comercial do Novo Rider! Desde que vi o comercial, que a noivinha do “acrobata” me chamou a atenção! O cara entra dando mortais… Quem conhece um noivo tão alegre assim por casar?! hahaha

Quem tem as madeixas bem cuidadas gosta de mostrá-las, portanto o cabelo solto, ou meio preso também é uma opção. As ondas a-lá Gisele dão um ar sensual, o cabelo bem liso e chapado tem uma pegada clássica e as tiaras e enfeites dão um perfuminho romântico.

Quem tem cabelo longo também pode investir na trança e no rabo-de-cavalo, porquê não?!

Ok, o rabo-de-cavalo é beeem menos usado, mas olha que legal esse rabo lateral… Se quiser ainda pode colocar uma flor, ou fazer como a segunda que colocou um enfeite modernoso. O terceiro “rabo” lembra aqueles penteados da década de 50… Pode finalizar a parte presa com uma mecha do próprio cabelo ou colocar uma fivelinha de strass ( ou os outros amigos da mulher!)

E a trança, como vimos aqui no Fashion Rio, estão meio despenteadas, com os gominhos mais soltos. Antigamente as tranças imbutidas reinavam nos casórios, mas era aquela apertada com gel!. Agora essa apertada até vale, mas tem que vir da lateral, percorrer uns caminhos! Gosto muito da trança lateral, com com algumas mechas querendo sair do lugar. Bem fresh!

O importante é você se olhar no espelho antes de sair do seu dia da noiva, seja no hotel ou em casa, e ficar tão feliz com as suas escolhas – inclusive a escolha do noivo! – que naquele momento, até você casaria com você! :)

A maioria das fotos selecionadas são do site “Wedding Channel” (tem de um tudo lá, mas tem que fazer um cadastro, gratuito), do blog “Noiva Carioca”, e de um site especializado na raça negra, o Essence.com . A montagem é do  Finas Estampas.

**Se tiver alguma dúvida pode fazê-la (pode demorar um puquinho, mas respondo todas) pelo e-mail finasestampas@hotmail.com, ou pelos comentários, o que é bem legal afinal sua dúvida pode ser a de muitas outras, certo?!